Revista de Administração Revista de Administração
NOTICE Undefined index: cita (modulos/navegacion/item-nav.php[32])
DOI: 10.1016/j.rauspm.2017.12.009
Original Article
Influence of the university environment in the entrepreneurial intention in public and private universities
Influência do ambiente universitário na intenção empreendedora em universidades públicas e privadas
Maria Renata Martinez Barral, , Felipe Garcia Ribeiro, Mario Duarte Canever
Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, RS, Brazil
Recebido 25 Julho 2016, Aceitaram 06 Junho 2017
Abstract

This study analyses the entrepreneurial intention (EI) in different higher education institutional environments – public and private universities. To achieve the objectives, an EI model adapted from Krueger et al. (2000) was used, which is known as Entrepreneurial Intention Classical Model. Data was collected using a structured questionnaire applied in three public universities and three private universities in the State of Rio Grande do Sul. Through comparative analysis and employing the Difference-in-Differences econometric method, it was seen that the results are in accordance with part of previous studies which pointed out that private university students have higher entrepreneurial intentions. However, the results also revealed that private university students already had higher EI before starting their graduation courses. Therefore, there is no evidence of difference of the influence of public and private university environments in EI, or in its underlying factors (that form EI), except for the factor that expresses the desire to learn about entrepreneurship.

Resumo

Neste artigo, tem-se como objetivo a analise da intenção empreendedora em diferentes ambientes institucionais de educação superior – universidades públicas e privadas. Para tanto, utilizou-se um modelo de intenção empreendedora adaptado de Krueger et al. (2000), conhecido como Modelo Clássico de Intenções Empreendedoras. Os dados foram coletados por meio de um questionário estruturado aplicado em três universidades públicas e três privadas do estado do Rio Grande do Sul. Através da análise comparativa utilizando-se do método econométrico de diferenças em diferenças evidenciou-se que os resultados estão de acordo com parte de estudos anteriores mostrando que os estudantes de universidades privadas têm intenções empreendedoras mais elevadas. No entanto, os resultados revelaram que os alunos das universidades privadas já tinham intenção empreendedora mais elevada antes de entrarem no curso superior. Assim, não há evidências de que exista diferença na influência do ambiente universitário público e privado na intenção empreendera, e nem nos fatores subjacentes desta (que formam a mesma), exceto para o fator que expressa o desejo de aprender sobre empreendedorismo.

Keywords
Entrepreneurship, Entrepreneurial intention, Students, Entrepreneurial education
Palavras-chave
Empreendedorismo, Intenção empreendedora, Estudantes, Educação empreendedora
NOTICE Undefined index: cita (modulos/navegacion/item-nav.php[32])
DOI: 10.1016/j.rauspm.2017.12.009